Imóvel usado, vale à pena?

23/02/2018 Tira Dúvidas

Capa do artigo: Imóvel usado, vale à pena?

Comprar um imóvel usado é a opção de muitas pessoas hoje em dia, porém muitas têm o receio de não estar fazendo um bom negócio ao definir essa escolha. Para tirar algumas dúvidas, preparamos algumas informações que irão te orientar melhor.


Leia também:

Por que comprar um imóvel na planta?

Como saber se o imóvel que estou comprando é um bom negócio

4 cuidados importantes na hora de comprar um imóvel


Faça uma lista do que você considera importante ter em um imóvel

Pense nas coisas essenciais para o seu bem-estar. Uma varanda? Garagem com duas vagas? Cozinha com armários, salão de festas, academia bem equipada? Isso vai te ajudar e definir melhor os prós e os contras durante todo o processo da busca de seu imóvel.


Visite o imóvel

Confira pessoalmente as condições do local escolhido, a sua aparência, se está bem cuidado, se não há rachaduras nas paredes que possam indicar um problema estrutural, se o teto do banheiro não tem sinais visíveis de vazamento. Para fazer essa avaliação, não é preciso ser um especialista, mas é importante se informar e ter uma noção do que pode vir a ser um problema no futuro.


Faça imagens

As fotografias irão te ajudar a ressaltar os pontos positivos e aqueles que precisam melhorar. Além disso, elas poderão te auxiliar quando for consultar um engenheiro ou empresa especializada para calcular o custo de uma eventual adaptação ou reforma no imóvel.


Fique atento aos reparos

Imóveis com instalações mais antigas costumam precisar de pequenos reparos, porém,  pela proporção ou pelo preço da compra, isso pode valer mais a pena ainda. É comum de acontecer do antigo proprietário falecer e a família só querer vender para repartir o dinheiro. Nesse caso, vale uma boa negociação para garantir um preço mais baixo, o que pode ser vantajoso para o comprador, mesmo tendo que fazer alguns retoques.


Converse com quem mora no local

Inclua em sua agenda de vistoria uma conversa informal com outros moradores, o zelador e, se possível, até com o síndico.  Aproveite a visita, e caminhe à pé pelo entorno para conhecer a rede de serviços que você terá por perto: padaria, lanchonete, farmácia, lojas etc. Veja mais orientações também em:  6 dicas para escolher o melhor bairro para morar


Tenha certeza de que tudo está funcionando

Ao visitar o imóvel, acenda as luzes, abra as torneiras, se for o caso, use o banheiro também.  É fundamental que você confira a condição do sistema hidráulico (banheiro e cozinha), se a rede elétrica atende às suas necessidades de uso ou se vai requerer obras e adaptações, checar os revestimentos (pisos e azulejos).


De olho na papelada

Além de checar o estado físico do imóvel, confira também o memorial descritivo. O memorial inclui pontos básicos que vão desde a divisão de cômodos ao tipo de piso.  Veja se a papelada está registrada nos devidos cartórios. Se não for o caso, saiba que isso pode ficar caro e, portanto, desqualificar a compra.

Antes de fechar negócio, procure um profissional   

Feita a vistoria, é hora de atentar para a documentação do imóvel e dos próprios vendedores. Se não entender do assunto, procure uma imobiliária. Muitas já oferecem esse serviço dentro dos honorários já estabelecidos para a intermediação imobiliária.

 

Despesas com taxas e escritura

Além do valor do imóvel em si, o comprador também terá gastos consideráveis com as despesas de escritura (que variam conforme o estado) e ITBI (imposto sobre transmissão de bens imóveis) —  a alíquota média do imposto no país é de 2% do valor do imóvel. Em Juiz de Fora ela corresponde a 2% do preço do imóvel. Não se pode esquecer também dos gastos com a mudança em si. Leia também: Como se organizar financeiramente para comprar um imóvel .

 


Entenda as vantagens de se comprar um imóvel usado

Possibilidade de saber exatamente como é o imóvel e o seu ambiente

Essa é uma das principais vantagens em adquirir um imóvel usado. As chances de possíveis “decepções” ao se mudar são menores. Já está  tudo pronto e você pode ver exatamente como é a iluminação, a vista, o ambiente externo e suas dimensões.  


Para quem é avesso a surpresas, talvez o imóvel usado seja a melhor opção.


Preços baixos e mais chances de negociações

Os preços dos imóveis usados costumam ser menores do que os  novos.  A lógica é parecida com a dos carros. Sabendo encontrar um usado em boas condições é possível fazer um ótimo negócio. Além disso, como a compra do usado geralmente é realizada com pessoas físicas, o comprador pode encontrar boas oportunidades de barganha. Leia também:  5 fatores que influenciam no preço do imóvel.

 

Espaços amplos

Hoje em dia está cada vez menos comum encontrar imóveis com amplo espaço interno. As construtoras têm desenvolvido, nos últimos anos, projetos mais compactos para aproveitar o momento e vender o maior número de unidades possível em um único empreendimento. Por isso, os imóveis mais antigos costumam ter uma área bem maior do que um novo pelo mesmo preço.

 

Menores gastos para equipar o imóvel

Um imóvel usado costuma ter todos os itens básicos e, se não for muito antigo, ou se estiver bem conservado, ainda pode vir com alguns bônus, como armários embutidos, espelhos, itens decorativos e cômodos reformados. Mesmo se for necessário fazer uma troca de piso ou uma pintura, ainda sim, esses custos podem ser menores do que os gastos para equipar um espaço novo. Saiba mais em: 5 dicas para quem deseja reformar a casa.


Agora que você tirou as suas dúvidas sobre imóveis usados, que tal começar a investir no mercado imobiliário com sucesso? Entre em nosso site e encontre o imóvel ideal para você!



 



Oferecemos toda atenção e uma equipe qualificada para que sua negociação seja um sucesso!