Saiba como escolher o imóvel ideal

27/10/2017 Compra de Imóveis

Capa do artigo: Saiba como escolher o imóvel ideal

Com o aumento constante dos juros, a redução do valor do financiamento e a crise financeira atual, ficou cada vez mais complicado comprar um imóvel. Mas apesar disso, o cenário se mostra favorável para aquisições de propriedades segundo especialistas. 

Mas antes, confira algumas dicas para começar a investir no mercado imobiliário.  

Anteriormente era possível financiar até 80% do valor de um imóvel pela Caixa. Agora o limite máximo é de 50%. Na prática isso significa que o comprador precisa ter mais dinheiro na mão para dar de entrada. Além disso, os bancos anunciaram aumento dos juros.

Essas últimas mudanças desanimaram muita gente que estava se preparando para comprar um imóvel. Mas apesar de tudo, esta não é uma hora ruim para fazer negócio. O momento é propício para barganhar juros menores ou até descontos com o dono do imóvel, aproveitando que poucas pessoas estão dispostas a comprar. Por isso, preparamos algumas dicas pra você escolher o imóvel ideal. Confira no post a seguir! 

Tipo de imóvel

Primeiro é importante definir um só tipo de imóvel: apartamento, casa ou até um terreno pra construir. Se você não tem um único tipo definido a busca pode ser muito mais demorada do que você imagina! Outro fator é decidir se será dentro de um condomínio fechado ou não.


Conheça os principais custos para comprar um imóvel 


Localização

Depois do tipo, é preciso definir a região e seguindo os mesmos critérios, tente focar em apenas uma ou no máximo duas regiões. Faça uma lista de prioridades: é melhor pra você um imóvel perto do trabalho? Próximo a escola das crianças? Ou prefere um bairro mais afastado e tranquilo? Pra quem tem filhos, acho muito melhor um imóvel próximo a escola do que do trabalho, pois os pais podem acabar mudando de emprego ou de local de trabalho, já a criança é bem mais difícil!

Tamanho

O tamanho do imóvel além de influenciar no preço final, deve ser pensado com muito cuidado. Pessoas que moram sozinhas, casais que trabalham fora o dia todo ou que viajam muito não precisam de espaços tão grandes. Geralmente pessoas jovens que não planejam ter filhos tão cedo podem se virar tranquilamente em um apartamento de 40 a 60 m2. Se a pretensão é ter filhos em no máximo 3 anos, um quarto a mais é bem-vindo. Para quem recebe muitas visitas de longe, é legal ter um quarto de hóspedes.

 

Condomínio

Pra quem vai morar em condomínio seja de casas ou apartamentos, é importante verificar a quantidade de imóveis no local. Quanto mais imóveis, menor será o custo do condomínio já que o valor será dividido em um maior número de moradores.

É importante verificar os itens de lazer e ver o que você precisa realmente. Pode ser que um condomínio com piscina seja um gasto grande do qual uma pessoa que mora sozinha e trabalha fora o dia todo nem irá usufruir tanto, então não seria melhor escolher um com menos itens de lazer?


Tirou todas as suas dúvidas e se inspirou com nosso post?

Encontre o imóvel ideal para você e simule seu financiamento em nosso site!