Conheça os benefícios de comprar um imóvel na crise

12/01/2018 Compra de Imóveis

Capa do artigo: Conheça os benefícios de comprar um imóvel na crise

Uma crise econômica pode parecer não ser um cenário muito apropriado para realizar o sonho da casa própria. Mas se a decisão é a longo prazo, ou seja, se você pretende comprar um imóvel para moradia e não para alugar, a crise pode oferecer boas oportunidades que não aparecem quando a economia está estável.

 

Confira também “4 dicas para vender seu imóvel mais rápido”.

 

A gente explica 5 benefícios que você pode encontrar em um cenário como o atual nesse post. Continue lendo e saiba mais!

 

Os preços ficam mais baixos

É a lei da oferta e da procura: quanto mais imóveis disponíveis, menores são os preços. Também é comum que eles fiquem congelados, sendo uma ótima oportunidade de investimento caso você já tenha aquele dinheiro guardado.

 

Saiba mais em: Como se organizar financeiramente para comprar um imóvel.

 

Lembre-se que crises não duram para sempre, então é melhor aproveitar o momento! A tendência é que, quando a economia voltar a crescer, a porcentagem de aumento do preço seja maior do que a de queda, ou seja, os imóveis podem ficar mais caros do que eram antes da crise.

 

As ofertas são mais variadas

Já que comprar um imóvel deixa de ser prioridade de grande parte do público, o estoque dos vendedores aumenta. Essa talvez seja a oportunidade perfeita para comprar um imóvel no bairro que você sempre sonhou! Ainda assim, é preciso analisar cada oferta com cuidado e paciência. Mas como saber se o imóvel que você está comprando é uma boa?

 

Confira nosso post e descubra se você está fazendo um bom negócio.

 

Mais promoções e descontos

Além da queda natural nos preços, a crise torna os vendedores mais flexíveis para negociações. Para aquecer o mercado, uma das principais medidas encontradas pelos vendedores é a realização de descontos, feirões e promoções especiais. Isso vale principalmente para os imóveis de “entrada premiada”, aqueles que têm um valor de entrada muito alto. Eles são os principais alvos dessas ofertas.


Imagem


















Os bancos facilitam o financiamento

As taxas do financiamento de imóveis são baseadas em uma parcela fixa da renda do cliente, sendo geralmente equivalente a um terço do salário. Assim, conforme os salários são reajustados por causa da inflação, essa parcela fica relativamente menor. Os bancos também precisam competir pelo mercado aquecido pelos descontos e promoções dos vendedores. Para isso, eles diminuem a burocracia e facilitam o processo de financiamento.

 

Melhor investir do que deixar guardado

Essa dica vale especialmente para quem pretende usar o FGTS para comprar um imóvel. A porcentagem de rendimento do dinheiro no banco está sempre abaixo do nível de inflação. É mais interessante aproveitar o momento favorável no mercado imobiliário para finalmente começar a investir.

 

Leia tambémComo começar a investir no mercado imobiliário”.


Quer aproveitar o cenário econômico? Conte com a Rezende para te ajudar!

Imagem




Oferecemos toda atenção e uma equipe qualificada para que sua negociação seja um sucesso.

Imagem