6 dicas para escolher o melhor bairro para morar

29/09/2017 Compra de Imóveis

Capa do artigo: 6 dicas para escolher o melhor bairro para morar

Comprar um imóvel não é uma tarefa fácil. Vários fatores devem ser analisados antes de fechar um contrato. O principal deles é a vizinhança! Como nem sempre a casa dos sonhos está na região ideal, a gente separou 6 dicas para escolher o melhor bairro para morar.


1. Antes de tudo: pense na sua rotina!


O primeiro aspecto a ser pensado é o seu deslocamento diário. Dependendo da localidade, o caminho para o trabalho, escola dos filhos ou faculdade pode não se tornar um motivo de estresse. Entenda com que frequência os deslocamentos são feitos e o quanto eles podem ser alterados para se encaixar à nova casa. Na hora de se adaptar a uma nova rota, não se esqueça de fazer um análise do novo caminho e do trânsito que você vai enfrentar.

2. Não precisa comprar um imóvel perto do trabalho

Na hora de escolher o melhor bairro para comprar um imóvel, levar em consideração o trajeto para o trabalho/faculdade não quer dizer morar perto destes locais. É possível morar em bairros afastados sem ter uma vida corrida. Para isso, verifique se o local é de fácil acesso e se está conectado às principais avenidas e ruas da cidade. Veja no mapa e visite o bairro usando um GPS para se certificar dessa facilidade.

3. Bairros comerciais oferecem menor deslocamento

Não descarte os bairros comerciais logo de cara! Apesar de não serem tão calmos quanto os bairros residenciais, os pólos comerciais oferecem alguns benefícios, principalmente para quem tem um cotidiano muito corrido. Comprar um imóvel perto de supermercados, farmácias, bancos e outros tipos de serviços pode ser útil nas emergências do dia-a-dia. Isso evita que você tenha que enfrentar trânsito ou até mesmo tirar o carro da garagem quando o papel higiênico ou algum remédio acabar, por exemplo.

4. Sempre observe a infraestrutura

A qualidade da iluminação e das vias de acesso são aspectos importantes de serem observados, mas não são os únicos. Verifique se o bairro e o próprio imóvel são locais seguros. Converse com vizinhos e veja os noticiários para ter uma noção sobre o que acontece na vizinhança!

Confira quais linhas de transporte público passam pelo local e qual é a frequência delas. Mesmo que você não use o coletivo, essa informação vai ser útil para prestadores de serviço e futuros visitantes.


Imagem


Também não deixe de procurar por áreas verdes na região. Além de servirem como locais de lazer e para prática de atividades saudáveis, elas também melhoram as condições de vida, pois influenciam na temperatura e na qualidade do ar.

Lembre-se que muitas vezes o preço de um imóvel é reflexo da infraestrutura do bairro, por isso sempre desconfie dos que são muito baratos. Saiba mais em: 5 fatores que influenciam no preço do imóvel.

5. Visite o bairro em horários diferentes do dia!

A vizinhança pode ser muito tranquila durante o dia, mas ter uma vida noturna agitada ou ter feirinhas e outros eventos de rua durante o final de semana, por exemplo. Saber quais estabelecimentos funcionam à noite ou aos fins de semana também pode ser válido. Visite o bairro em diferentes dias e horários para saber se o cotidiano do local se encaixa na sua rotina e nos seus gostos pessoais.

6. Converse com os vizinhos

Não tem jeito de evitar essa parte! A melhor forma de conhecer um bairro é por meio dos vizinhos. Converse com as pessoas que já moram na região há mais tempo antes de comprar um imóvel. É através delas que você vai ter uma visão dos pontos positivos e negativos da vizinhança.


Ainda não sabe em qual bairro morar? A gente te ajuda. Encontre o imóvel ideal para você!