5 erros que você deve evitar na hora de comprar um imóvel

23/04/2018 Compra de Imóveis

Capa do artigo: 5 erros que você deve evitar na hora de comprar um imóvel

Comprar um imóvel é um processo que exige alguns cuidados e muita atenção até que se finalize toda a negociação e você possa chamá-lo de seu. Por descuidos simples que poderiam ser evitados, muitas pessoas acabam tendo problemas sérios após adquirirem um imóvel, ou mesmo ainda no momento da compra. Para que você não passe por más experiências e conquiste a sua tão sonhada casa própria, nós listamos aqui os cinco principais erros que você deve evitar na hora de comprar um imóvel.


Saiba também:

Por que 2018 é o ano certo para você investir em imóveis?

Quanto vale o meu imóvel?

O que é uma escritura de compra e venda?


Assumir uma dívida incompatível ao seu orçamento


Todo mundo sonha em ter o seu próprio imóvel um dia,  mas para tomar essa decisão você precisa planejar bem toda a sua renda familiar e o impacto dessas parcelas no seu bolso para as próximas décadas. O fato de seu perfil ter sido aprovado pela construtora ou pelo banco, não significa que você “realmente” possa comprar o imóvel que quer.  Assumir uma dívida incompatível ao seu bolso por impulso ou emoção do momento vai transformar o seu sonho em pesadelo. Além das parcelas, o comprador deve ainda considerar as taxas e impostos (IPTU, por exemplo) que vem junto com a sua nova aquisição, além de possível reparos que podem surgir no primeiro momento.


Não pesquisar sobre o imóvel


Quando você escolhe a casa ou o apartamento que vai comprar deve-se atentar para muitos detalhes internos e externos que, sim, podem fazer muita diferença na sua vida nos próximos anos. Procure se informar sobre a infraestrutura do bairro, como áreas de lazer, iluminação e saneamento, o comércio ao redor do apartamento, o transporte público na região. Converso com os moradores do bairro,  e fique atento às cotações atuais, quanto vale o metro quadrado na sua rua, compreenda as flutuações do mercado e só aceite uma proposta se você se sentir confortável com o valor pedido. Com a valorização do mercado, muitos proprietários jogaram os preços lá no alto e, se você não se informar, pode acabar pagando bem mais caro do que deveria. Vale sempre fazer uma ( e várias) visitas no imóvel que você vai comprar e, em alguma ocasião, na companhia de um corretor para te verificar as instalações e condições gerais do local.


Não verificar se o imóvel pode ser realmente vendido


Comprar um imóvel talvez seja o investimento mais alto que você irá fazer em sua vida, por isso garanta de que esteja fazendo todo o processo de forma correta. Tire suas dúvidas com um corretor, um advogado, saiba os seus direitos e deveres para ter total controle de sua compra. Há situações em que o imóvel não pode ser vendido, há alguma documentação pendente e nem o vendedor está ciente disso, da mesma forma como também pode saber e por isso mesmo quer se livrar disso e você acaba se tornando vítima. Por isso, vá ao Cartório de Registro de Imóveis e solicite a matrícula com certidão de ônus do imóvel.


Um exemplo é quando o imóvel serve como garantia para o pagamento de alguma dívida. Nessas condições, ele não pode ser vendido. Se for, a venda pode ser anulada por um juiz e o comprador terá muitos prejuízos por isso.



Assinar o contrato e termos aditivos sem entender o que diz


Essa é uma regra que vale para todos os tipos de negócios que você se envolve no dia a dia. Jamais assine algo que você não entendeu ou tem dúvidas. Reserve um tempo para se dedicar ao contrato. Leia com atenção, anote o que não ficou claro e leve para um corretor de confiança auxiliá-lo. Infelizmente, os casos de fraudes hoje em dia nesse mercado é grande, em que construtoras ou corretoras descrevem no papel acordos confusos propositalmente, diminuindo ao máximo as suas obrigações e expondo o comprador a riscos e responsabilidades desnecessárias. Não caia nessa!





Fechar negócio sem consultar um especialista


Uma tarefa simples que poupa o comprador de muitas dores de cabeça mais adiante. O acompanhamento de um corretor imobiliário durante todo o processo de busca, decisão e negociação é fundamental para que você faça uma escolha certa e não corra riscos indesejáveis. O corretor é o profissional que vai trazer as melhores soluções que você precisa.


Além do corretor, vale fazer contato também com um advogado especialista para te ajudar a entender o contrato que você irá assinar. Ele poderá orientá-lo acerca de quais cláusulas devem ser retiradas e quais devem ser incluídas neste contrato final de compra.


No caso de quem compra uma casa ou apartamento na planta, compartilhe o projeto com algum engenheiro ou arquiteto de confiança, se possível, faça com eles uma visita ao local da construção.




Fique atento a essas dicas e compre o seu imóvel com tranquilidade.  A Rezende Imóveis oferece toda a sua atenção e conta com uma equipe qualificada para que sua negociação seja um sucesso! Consulte um de nossos corretores e tire suas dúvidas sobre o mercado imobiliário.